Margeando o caos | Vorejant el caos

O título Margeando o Caos, retirado de um dos seus versos, é uma imagem que ilustra muito bem a profícua ambivalência da poesia de Colares, pois seu texto ao mesmo tempo em que investiga o plano das ideias, mostra-se a nós impregnado de vida. Majela Colares é poeta e contista. Nasceu em Limeiro do Norte, em 1964. Publicou os livros: Confissão de Dívida, 1993; Outono de Pedra, 1994; A Linha Extrema, 1999; Quadrante Lunar, 2005; Memória Líquida, 2012; entre outros.Tem participação em antologias publicadas no Brasil e no exterior. Reside em Recife.

Informações adicionais

  • Autor: Majela Colares
  • Tradução: Joan Navarro
  • Preço: 27,00
  • Categoria: Poesia
  • ISBN: 978-85-60676-43-9
  • Nº de páginas: 80