PROMESSAS PROVISÓRIAS

Promessas provisórias, de Lucas Nicolato, desmente aqueles que, requentando seu Adorno, afirmam não haver mais lugar para poesia no mundo em que vivemos. Segundo eles, a poesia, sob pena de se tornar frívola perfumaria, deve abandonar sua pretensão à especificidade e se confundir com a prosa, a fala cotidiana, a política ou a “vida”. Pois bem, “Promessas provisórias” nada tem a ver com isso. Ao contrário: seus poemas sustentam a temporalidade e a densidade específicas da poesia sem, no entanto, deixarem de ser inteiramente relevantes ao mundo contemporâneo. A precisão dos seus versos se manifesta exatamente enquanto neles se ouvem os ecos dos tiroteios urbanos. Seus belos poemas pensam com o corpo, em cujas veias corre o grafite. A poesia está viva. Antonio Cicero

Informações adicionais

  • Autor: Lucas Nicolato
  • Preço: 23,00
  • Categoria:
  • Coleção: Massapê
  • ISBN: 978-85-60676-33-0
  • Nº de páginas: 56