SAX ÁSPERO

"O terceiro sol da manhã 
entra na esfera do ardor. 
Exerce sua áspera sintaxe 
para elaborar seus versos duros. 

O compacto das sombras 
pesa nas superfícies e arestas 
como poço de calor ou 
rachadura no vento. 

A manhã amadurece 
e cai molhando a areia seca 
com seu sumo sujo, 
seu gosto de pó e lama. 

Cores de susto 
esticam suas peles. 
No tambor do sol 
há um olho arregalado." 

 

MARCO POLO GUIMARÃES é jornalista, escritor e músico. Trabalhou para o Diário da Noite, Diário de Pernambuco, Jornal do Commercio, Jornal da Tarde e revista Continente. Há cinquenta anos escrevendo poesia e prosa, publicou livros como A superfície do silêncio, Caligrafias e Corpointeiro. Como compositor e cantor lançou o disco Ave Sangria e tem canções gravadas por Lenine, Ney Matogrosso, Elba Ramalho, Teca Calazans, Zezé Motta, entre outros. Pela Confraria do Vento, publicou o livro de contos Autópsia do bípede, finalista do Prêmio Portugal Telecom 2014. Atualmente é editor da Companhia Editora de Pernambuco, Cepe.

 

 

 

Informações adicionais

  • Autor: Marco Polo Guimarães
  • Preço: 47,00
  • Categoria: Poesia
  • ISBN: 978-85-5532-056-9
  • Nº de páginas: 176