Um bufão no poder: ensaios sociossemióticos

O contexto político e o momento histórico que permitiram a Jair Messias Bolsonaro, um inexpressivo deputado do chamado “baixo clero” do Congresso Nacional, chegar à Presidência da República do Brasil têm sido objeto de muitas análises nas mais diversas áreas do conhecimento. Em sua maioria, essas análises se debruçam sobre as condições externas que explicam a ascensão de lideranças populistas, como Bolsonaro, em meio ao recrudescimento de movimentos de extrema direita, alimentados por “posições antissistemas”, que caracterizam os chamados bufões da política. A perspectiva sociossemiótica apresentada neste livro trata o fenômeno “por dentro”, buscando entender como esses líderes populistas conseguem manter a fidelidade dos seus eleitores em meio a medidas muitas vezes impopulares e a comportamentos contraditórios com a posição de outsider que lhes são exigidos quando chegam ao Poder. No caso do presidente brasileiro, a estratégia geral envolve a construção de uma “ligação pessoal” com seus apoiadores, sustentada por um modo de ser forjado pela maneira como Bolsonaro se comunica e interage com eles, sobretudo, por meio dos seus perfis nas redes sociais digitais. Assumindo esta premissa, os autores desvelam o modo como Bolsonaro se constrói tanto como bufão quanto, ao mesmo tempo, como “homem comum” e “messias”. Suas estratégias exploram, de um lado, sentimentos de pertencimento, proximidade e presença e, de outro, o apelo ao conspiracionismo, ao caos e à desinformação.

 

YVANA FECHINE é jornalista e doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É professora do Departamento de Comunicação Social e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). É pesquisadora associada ao Centro de Pesquisas Sociossemióticas da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Publicou e organizou, entre outros, Televisão e presença (Estação das Letras e Cores/CPS), Guel Arraes, um inventor do audiovisual brasileiro (CEPE) e O fim da televisão (Confraria do Vento).

PAOLO DEMURU é doutor em Semiótica pela Universidade de Bologna, Itália, e em Semiótica e Linguística Geral pela Universidade de São Paulo. É Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Midiática da Universidade Paulista e pesquisador do Centro de Pesquisas Sociossemióticas da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É autor do livro Essere in gioco. Calcio e cultura tra Brasile e Italia (Bononia University Press) e de diversos artigos científicos, publicados em revistas internacionais.

 

COMPRE AQUI

https://pag.ae/7YAwjtu7M

 

OU BAIXE GRÁTIS O E-BOOK

https://drive.google.com/file/d/1i9r6rHQuQK-grGauwSKO2jBeeUONsKkP/view?usp=sharing

 

 

Informações adicionais

  • Autor: Yvana Fechine, Paolo Demuru
  • Preço: R$ 73,00
  • Categoria: Semiótica
  • ISBN: 978-65-5844-029-1
  • Nº de páginas: 188